Em Pedro Afonso, localizada a 170 quilômetros da capital de Tocantins, Heloisa Miradello, de 29 anos foi sumariamente demitida da Rede Municipal de Educação por ensinar na escola, durante aula de Ciências, os aspectos conceituais e procedimentais da masturbação para os alunos do oitavo ano do Ensino Fundamental.

Segundo relatos de mães de alunos a professora utilizou uma banana para simular o procedimento masturbatório masculino, inclusive solicitando que alunos e alunas repetissem o gesto na banana, como forma de verificação de aprendizagem.

A professora apresentou recurso a Justiça solicitando sua reintegração imediata, segundo ela “as aulas sobre sexualidade estão previstas nas Diretrizes Curriculares Nacionais. Eu duvido muito que meus alunos nunca bateram ‘umazinha’. Só ensinei a parte científica desta dimensão do prazer humano”.

Alguns alunos relataram que durante a demonstração prática do ato masturbatório a professora ‘brincava’ perguntando quem estava de ‘lulu duro’. Alunas ouvidas pela reportagem disseram que a professora Heloisa teria as aconselhado a quando fizerem nos namorados não apertar muito o ‘lulu’ deles, nem tomar o ‘leitinho’ por que faz mal a saúde.

Comentários

Comentários