Artistas que fizeram a história do humor na TV brasileira terão um final de ano muito triste. Depois de décadas levando alegria para a sua casa eles agora entram para a lista dos 14 milhões de desempregados do Brasil.

A semana começou tensa no ‘Zorra’, da Globo, devido ao aviso que muitos dos seus integrantes não se encontram nos planos do programa para 2018. Uma medida que atinge, sem desvios, os mais antigos, que serão mantidos só até as gravações de outubro e depois dispensados.

acabe com dores

Na lista, que a coluna teve acesso, constam os nomes de Toni Tornado, Anselmo Vasconcelos, José Santa Cruz, Antônio Pedro, Isio Ghelman, Nizo Neto, Bernardo Schlegel, Tadeu Melo, Renata Ricci, Renata Tobelem, Cris Pompeo, Claudio Cinti, Alexandre Regis e Roberto Guilherme, entre outros. A partir da mudança de nome, de ‘Zorra Total’ para simplesmente ‘Zorra’, e a chegada de Marcius Melhem e Mauricio Farias, a reformulação de elenco e implantação de uma nova estrutura, foram colocadas como necessidades absolutas.

Condição que nunca tirou o pessoal da “era Mauricio Sherman” da linha de tiro. O anúncio dessas demissões acontece justamente quando o ‘Zorra’ vive seu melhor momento de audiência e repercussão.

TONY TORNADO

NIZO NETO (filho de Chico Anysio)

JOSÉ STA CRUZ (Fazia a voz do Dino da Silva Sauro)

ROBERTO GUILHERME (Sargento Pincel)

ANSELMO VASCONCELLOS

A maior parte deste artistas não conseguiu fazer poupança ao longo da vida e terá que conviver com severas restrições financeiras daqui em diante.

A Reforma da Previdência quer que o brasileiro trabalhe mais tempo pra se aposentar, mas o Mercado de Trabalho só quer demitir os mais experientes. Jogar fora como se fossem lixos… Com toda pureza que existe em meu coração eu digo que estou com muita pena destes artistas que a Globo está jogando na sarjeta.

 

 

Comentários

Comentários